Descrição

Eis uma obra com irrefutável robustez de conteúdo e formatação para pesquisas, a disponibilizar informações inéditas, fruto de um primoroso trabalho investigativo, de modo a marcar presença na, por enquanto, parca seara bibliográfica atinente à cibernética. 
Conquanto abordar tema vazado em jargões tecnicistas, visto tratar-se do múltiplo universo dos ciber, o livro tem palatabilidade impressionante. Quiçá seja devido a pitadas esparsas de poesia, homeopaticamente distribuídas para quebrar o gelo metálico dos bytes e dar-lhes sabor. Corroboram essa afirmação excertos que mesclam lirismo com tecnologia, dentre eles: “[...] os espaços físicos, rompendo padrões convencionais, foram substituídos pelos espaços etéreos, proporcionando a desmaterialização das relações sociais, ou seja, o que antes era concreto e palpável transforma-se em dimensão imaterial na forma de impulsos eletrônicos [...]” Fruto da sua dissertação de mestrado, sob assertiva orientação da Doutora Edna Brennand, Poliana Policarpo compõe, com extremos de bordadeira, Cibercrimes na E-democracia, a chancelar sua promissora participação na lavoura das letras. Nos abismos quase indevassáveis do ciberterritório, forja-se a E-democracia com seu inesgotável universo de possibilidades. No fascínio ebulitivo da criatividade, o faro aguçado da ciberdelinquência encontra matéria-prima e mares propícios para engendrar os mais abjetos mecanismos de burla da lei, aproveitando-se do sombrio anonimato para insurgir impiedosa contra desavisados cibersurfistas, quer adultos, quer crianças e adolescentes, consumando crimes que vão desde o tráfico de órgão até invasão de contas bancárias. Por isso, fazer-se necessário o concurso de uma gestão jurídico-estratégica, em exata medida,de modo a não abater as asas luminosas e libertárias da democracia. Num breve erguer de cortinas, este livro expõe, sem rodeios,os luminares da E-democracia, a tomar o cibernavegante pela mão, de modo a fazê-lo adentrar as recâmaras do ciberespaço, onde, inclusive, hiberna, preciosa e aterrorizante, a deep web, com seus lampejos lúdicos e traiçoeiros, como a alertar para a face movediça da cibernética. 
Esechias Araújo Lima Cronista, poeta e membro da Academia Conquistense de Letras

Características

    • Ano 2017
    • Autor Poliana Policarpo , Edna Brennand
    • Editora Editora D'Plácido
    • ISBN 9788584253258
    • Nº de Páginas 432

Avaliações

0.0
0 avaliações
UsuárioFaça um comentário sobre este produto.