Descrição

O livro aborda a relação entre o Sensoriamento remoto e o Direito à intimidade. O sensoriamento por satélite, a vigilância aérea e o imageamento termal são compreendidos como sensoriamento remoto. Eles vem sendo usados, frequentemente , como método de investigação, o que impõe reflexão sobre seu emprego diante da intimidade do indivíduo. O livro examina o conceito e o significado da intimidade como elemento da dignidade da pessoa humana, condição de existência do indivíduo, propondo sua (re)leitura. Nesse sentido, algumas perguntas foram realizadas: O uso dessa tecnologia ameaça ou viola o direito à intimidade? Há limites a serem adotados para o seu adequado uso? Quais mecanismos podem ser empregados para solucionar a tensão existente entre o direito à intimidade e o interesse público? Ao final, examinou-se a validade do emprego dessa tecnologia, como meio de prova, no processo penal brasileiro e estrangeiro à luz da jurisprudência e da legislação nacional e internacional.

Características

    • Ano 2016
    • Autor Mário Antônio Conceição
    • Editora Editora D'Plácido
    • ISBN 9788567020433
    • Nº de Páginas 380

Avaliações

0.0
0 avaliações
UsuárioFaça um comentário sobre este produto.