Descrição

A presente obra, uma das vencedoras do 21º Concurso de Monografias do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais – IBCCRIM, investiga como o direito penal é transformado em produto para ser consumido por um sem número de leitores/cliente dos jornais impressos de veiculação diária. Parte-se da concepção de que em uma sociedade que depende dos meios de comunicação de massa para apreender a realidade, o jornalismo é o meio pelo qual as informações ganham visibilidade e legitimidade, sendo de suma importância para a formação da opinião pública e a introjeção de conceitos e concepções de mundo dos sujeitos, inclusive acerca do direito. O discurso jornalístico objeto desse livro, extraído de matérias que noticiam homicídios dolosos, se mostrou rico em construções discursivas que cumprem funções sociais básicas: estabelecem paradigmas, estigmas, maneiras de agir e pensar que atuam simbolicamente nos sujeitos, de forma a promover uma sanção pública, exemplar, direta e imediata.

Características

    • Ano 2019
    • Autor Luana Magalhães de Araújo Cunha
    • Editora Editora D'Plácido
    • ISBN 9786550590208
    • Nº de Páginas 164

Avaliações

0.0
0 avaliações
UsuárioFaça um comentário sobre este produto.