Descrição

A Sustentabilidade surge como novo paradigma axiológico transnacional,
mais ético, solidário e humano, como tentativa de resposta
à crise socioambiental criada pelo próprio homem em sua relação
com a natureza. A sustentabilidade, assim, exige uma mudança de
mentalidade com vistas à construção de uma nova ordem econômica
(mais equilibrada), social (mais justa) e ambiental (que proteja a vida
humana na Terra de forma sustentável e digna). Assim, a sociedade
de risco, fruto da utilização indiscriminada dos recursos naturais e do
progresso do conhecimento científico, faz a humanidade deparar-se
com ameaças de catástrofes socioambientais que colocam em dúvida
a sustentabilidade da vida na Terra. Um dos grandes desafios
do século XXI é entrelaçar os termos qualidade de vida e sustentabilidade,
porém sem equipará-los ou utilizá-los indistintamente.
Enquanto o primeiro fornece parâmetros multidimensionais para
avaliar e guiar as ações do presente, o segundo só se confirma com
a real possibilidade e efetivação dessa qualidade para um futuro intergeracional.
Por outro lado, os termos se entrelaçam na medida em
que a garantia do futuro depende das ações presentes. Esse entrelaçamento,
no entanto, não significa que os termos se correspondam
ou que possam ser utilizados indistintamente. Garantir uma vida com
alta qualidade hoje pode não ser a melhor opção para o amanhã se
não houver um compromisso com as futuras gerações.

Características

    • Ano 2017
    • Autor [Orgs] Maria Cláudia da Silva Antunes de Souza; El
    • Editora Editora D'Plácido
    • ISBN 9788584254125
    • Nº de Páginas 348

Avaliações

0.0
0 avaliações
UsuárioFaça um comentário sobre este produto.