Descrição

Este livro apresenta as conclusões de uma pesquisa realizada com policiais militares e em processos referentes a crimes de drogas, na qual foi possível perceber que a prova produzida passava a compor ou não o processo penal a depender da discricionariedade e conveniência da instância investigatória. Essa gerência da prova pode ser apontada como uma das facetas da política repressiva às drogas, que tem como alvo preferencial pessoas em vulnerabilidade social presas em flagrante delito portando pequenas quantidades de crack ou maconha, evidenciando a alta seletividade racial dessa política e o papel do Judiciário como instância de validação de atos policiais que atentam contra princípios constitucionais, como os da intimidade e da vida privada.

Características

    • Ano 2017
    • Autor Rafael de Deus Garcia
    • Editora Editora D'Plácido
    • ISBN 9788584255979
    • Nº de Páginas 322

Avaliações

0.0
0 avaliações
UsuárioFaça um comentário sobre este produto.